14 de fev de 2013

8

Homizio

Posted in





Sonhei com um tempo que não existia
Chorei por alguém que não merecia
Vi o mundo definhar enquanto você sorria
Lutei numa guerra
Mas, lutei do lado errado
Vi o sofrimento de perto
Vi o sangue derramado

Como pode alguém se alegrar com a morte?
Como podem dizer que sobreviver é apenas sorte?
Como a displicência pode matar?
Por que a maioria não sonha, mas prefere procrastinar?

Sonhei com um mundo onde reinava o amor
Onde não havia preconceito medo e dor
Onde a paz reinava
Eis o homizio que minha alma tanto ansiava

De repente acordei
Acordei a me perguntar
Como posso viver se não posso sonhar?



8 comentários:

  1. Caramba Dai, ficou muito bom! Curti demais! Me fez pensar em várias coisas... sabe aquelas indignações que temos ante a injustiças, injúrias, descasos... coisas q queremos mudar, mas nunca conseguiremos, já que lutamos pelo lado mais fraco.
    Enfim... Gostei muito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mari!! Você conseguiu entender exatamente o que eu quis passar com o poema!!
      Ah!! Estou mega ansiosa p ler o seu livro!!!

      Excluir
  2. Magnífico o teu versejar, Daiane. Adorei a poesia!

    ResponderExcluir
  3. Obrigada!! Fiquei muito feliz por você ter gostado!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Que lindo Dai!!! Acredito que todos nós sonhamos com tal 'mundo', rs!!!
    Belíssimas palavras!

    ResponderExcluir
  5. Adorei Dai, ficou perfeito... Sabe que adoro este estilo metafórico né?? Arrasou... xxx :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga obrigada!! Fico feliz que tenha gostado!! Bjus

      Excluir