24 de abr de 2013

6

A dança

Posted in




No ritmo leve e dançante do amor
Você me conduzia
Em passos leves me guiava
Nunca entendi o poder que tinhas sobre mim
Apenas me deixava ser guiada

Fechava os olhos
Mas mesmo assim ainda te via
Pelo reflexo que na luz girava
Tentei dançar com outro
Enquanto você sorria
Mas de nada adiantava

Eu sabia que entre nós ainda havia sintonia
E que você apenas disfarçava
Sabia que no seu sorriso
Havia mais melancolia
Do que minha alma imaginava

Conduzi-me sozinha
Por todas as vezes que te vi se deleitando
E aproveitando a vida
Que de mim se foi roubada

O tempo passou e continuei te amando
Mas me odiando por cada passo que se dava
Como posso te amar te odiando
Se num compasso errado tudo se acaba?


6 comentários: