3 de jan de 2013

13

Enganada

Posted in



Enganei-me, pensei que podia amar sem sofrer.
Mandar nas minhas reações, calcular meus gestos.
Predefinir minhas emoções.
Pensei que me calando, meus olhos diriam tudo que era necessário
Proteger-me-iam do que temia
Prenderiam a mim o que eu desejava.

Acreditei que tinha em minhas mãos as rédeas sobre minha emoções
Que podia coordenar meus pensamentos na ordem que desejasse
Que saberia manter fixo o meu olhar em qualquer coisa
Que ajudasse a não me entregar.
Acreditei mesmo não iria nunca mais me dar.

Enganei-me.
Sofri sem reconhecer que amava
Fui controlado por minhas emoções, guiada pelos meus gestos
O que meus olhos disseram ficou enfim subtendido
Armaram uma cilada. Envolveram-se eles próprios em mim

Excluindo você, a emoção se fez senhora.
E coordenou meus pensamentos, mandou em meus olhos
Fez-me escrava do amor, entregou-me a ti.
Sofri sem aceitar amar. Amei sem saber.

 




13 comentários:

  1. Muito belo, este reconhecer, Daiane!
    Por vezes é tarde demais para sarar essa mágoa, mas ela serve sempre para aprender.
    Emocionante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrijo aqui o meu engano, deixando os meus parabéns à Nayane!
      Muito belo, este sentir, apesar de triste!
      Abraço!

      Excluir
  2. Dulce, agradeço muito e fico feliz que tenha gostado!!!

    ResponderExcluir
  3. Enganados todos seremos!Pelo amor,por pessoas e até mesmo por nosso próprio coração.Que bom moça que através desse blog vc expõem suas belas palavras. Menina Poetisa....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Agora pode ler sempre meus pensamentos aqui...

      Excluir
  4. Apesar de eu ser leigo em poemas, gostei muito do seu texto, continue assim que você vai longe.
    Clayton

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Clayton, convidado a acompanhar agente toda semana! Abraço!

      Excluir
  5. É sempre bom ler coisas bonitas e inspiradoras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leandro, que bom que leu, espero que tenha gostado! Abraço!

      Excluir
  6. PARABÉNS MOÇA!

    MUITAS VEZES PENSAMOS QUE PODEMOS NOS CONTROLAR ,
    E QUANDO NOS DEPARAMOS A CERTAS SITUAÇOES (O AMOR), VEMOS QUE NOS É QUE SOMOS CONTROLADOS POR NOSSOS SENTIMENTOS!

    MUITO BOM CONTINUE ASSIM! ABRAÇO!

    ResponderExcluir