22 de jan de 2013

7

Covardia

Posted in




...E meu coração sentiu saudade,
Guiou-me sem sentido 
Sem Levar em conta qualquer maldade.
Mas quando dei por mim, tinhas partido,

Minhas pernas ficaram bambas
Eu fiquei sem reação.
Meu corpo inteiro estremeceu
Meu sorriso entregou minha decepção.

Fiquei ansiosa, queria o seu abraço,
O desejei como sempre,
Teu calor pra preenche o espaço
Desse meu peito sem você ausente

Acordei as lembranças, sacudi a memória
Quis-te de novo presente...
Escrevendo juntos nossa história
Mas sem coragem, seguiu em frente

Quis gritar, pedir pra ficar...
Tempo de mais... Em vão...
 E mais uma vez o vi me deixar
Ir sem explicar-me sua razão
Foi como suas lembranças.
Deixando comigo apenas sua falta 
Levando de mim qualquer esperança.
De algum dia o ter de volta.
 





7 comentários:

  1. Me caiu como uma luva, parabéns Kastter!!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada por me ter adicionado ao google + , Nayane. O medo costuma nos impedir de grandes realizações e momentos felizes, principalmente no campo do amor. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há de que Marilene, eu quem agradeço a visita!!!

      Excluir
  3. Oi, fiquei encantada, é lindo D+++
    As imagens deram um ar maravilhoso ao seu poema!
    Beijinhos no coração.
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/


    P.S: Aproveito a oportunidade para anunciar que tem sorteio de livro nacional. Venha apoiar. http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Marli! Feliz que tenha gostado, vou conferir lá!! Abraço e obrigada!!

      Excluir